texto rotativo

"Deputado federal Jorge Solla anuncia construção de novo campus federal em Jequié

 


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

 


sábado, 18 de maio de 2024

Homicídio: Adolecente de 13 anos, assassinado no bairro Mandacaru em Jequié




Mais um homicídio em Jequié, desta vez, um adolecente de 13 anos, acaba de entrar para as estatísticas do Anuário de Segurança Pública.

Morador do Residencial Mandacaru I, Isac Silva Oliveira, foi alvejado, nesta sexta-feira 17.05.2024, em via pública, na luz do dia. A notícia se espalhou imediatamente por vários veículos de comunicação do Brasil. Isac morava em Jequié, uma cidade do sudoeste baiano, com uma população de 158 mil habitantes.

Em 08 de novembro de 2011, “Milhares de pessoas de todos os segmentos sociais de Jequié percorreram as principais ruas centrais para clamar por PAZ. Os índices de violência em nosso município a cada dia vêm crescendo, quando se fala em violência não é só as dolosas ou as que levam a homicídios mais, as que estão camufladas no seio da sociedade como a discriminação, a violência contra a mulher, a violência psicológica dentre outras”, diz a matéria da época.

Atualmente, em Jequié, a situação piorou. O anuário da Segurança Pública divulgou que Jequié é a cidadã mais violenta do País. Em sua 17ª edição, o Anuário da Segurança Pública aponta Jequié como o Município mais violento do Brasil, com mais de 88,8 homicídios em 2022. Estes números foram divulgados em julho/2023. Estamos aguardando a 18ª edição, que provavelmente será divulgada no mês de Julho/2024.

Infelizmente, as autoridades competentes de Jequié não gostam que aponte Jequié com esta estatística nacional. Entretanto, as ações para conter estes números, são tímidas.

Veja neste link a posição do atual prefeito de Jequié, quando uma emissora de TV (Record), disse em um documentário, que Jequié ocupava a posição de cidade mais violenta do País. "Respeitem Jequié! Respeitem nossa gente! Respeitem nossa história! Venho a público repudiar veementemente as informações distorcidas veiculadas na reportagem caluniosa e completamente fora da realidade pela Tv Record e divulgada na noite de domingo. A matéria não reflete a verdade sobre a sociedade jequieense e ataca, de maneira inaceitável, a honra da nossa população. Jequié é uma cidade de gente honesta, com instituições sérias e comprometidas, as quais trabalham conjuntamente para resolver os problemas sociais existentes, obtendo a cada dia melhores resultados. Não vamos aceitar ser estigmatizados e desrespeitados dessa forma!", finaliza o prefeito.
 

Nenhum comentário: